Você está em Diversos > Imagens

Imagens filosóficas

Filósofo do Dia

Ernst Mach
Nasceu no dia 18 de fevereiro de 1838. Obra Principal: História e Raízes do Princípio de Conservação de Energia. Pensamento: Qualquer medida depende de comparação. Não existe medição nem do espaço nem do tempo, o que nós fazemos é comparar sensações espaciais e temporais. Quando temos a impressão de que estamos medindo algo é porque estamos usando um padrão aceito por nós e pelos outros. Os padrões tem origem em comparações fisiológicas. Como a física depende de medições, ela tem sua origem na biologia.
Galileu Galilei
Nasceu no dia 15 de fevereiro de 1564. Obra principal: O Ensaiador. Pensamento: A ciência deve ser independente e livre da cultura e da teologia. As questões científicas devem ser confirmadas ou refutadas através da experiência e da observação feitas diretamente sobre o objeto que está sendo examinado. A construção do experimento depende de uma teoria que vai fundamentá-lo. A matemática é o instrumento de investigação da natureza. A experiência é o limite do nosso conhecimento. A razão não tem a capacidade de conhecer a essência das coisas.
Max Horkheimer
Nasceu no dia 14 de fevereiro de 1895. Obra principal: Eclipse da Razão. Pensamento: A dominação social é interiorizada pelos indivíduos dominados. A crítica filosófica tem que utilizar todos os elementos possíveis para criar uma nova sociedade sem injustiças sociais. A razão é o instrumento utilizado para dominar a sociedade, os homens e a si mesmo. A técnica domina de tal forma os indivíduos que os torna incapazes de promoverem livremente todas as suas potencialidades.
Epicuro
Nasceu no dia 20 de Gamelione - (10 de fevereiro). Obra principal: Fragmentos. Pensamento: A filosofia é o melhor caminho para se chegar à felicidade que para ele significava se libertar dos desejos. A felicidade está diretamente ligada ao prazer. O prazer é o início e o fim de uma vida feliz. O homem é inclinado a buscar o prazer e a fugir da dor e através do critério do prazer é que nós avaliamos todas as outras coisas. É preferível a sabedoria feliz do que a insensatez feliz e a justiça é somente um acordo feito entre os homens para atingirem um fim comum que é impedir de fazerem-se o mal reciprocamente. O fluir dos átomos é o que produz as sensações nos homens. O fluir dos átomos é o que cria as imagens que são similares às coisas que os produzem.
Thomas More
Nasceu no dia 7 de fevereiro de 1478. Obra principal: A Utopia. Pensamento: A causa de toda pobreza e criminalidade é a propriedade privada. A família monogâmica é o fundamento da sociedade. A multiplicidade de rituais e cerimônias agrada a Deus. A razão tem que fundamentar a política. O caminho natural do homem é a busca do prazer e é pelo prazer que ele pode chegar à solidariedade. A natureza e a razão se equilibram em suas regras. O homem não pode se separar de Deus nem a política da moral.
Patrick Tort
Nasceu no dia 5 de fevereiro de 1952. Obra principal: Darwin e a Ciência da Evolução. Pensamento: A seleção natural moldou a história biológica e social ao selecionar instintos de sociabilidade. A sociabilidade possibilitou o desenvolvimento da inteligência racional e da consciência reflexiva. A evolução da sociabilidade e da inteligência potencializaram os sentimentos morais e altruístas. Assim Darwin explica de forma natural e material a origem da moral e da civilização.
Luigi Pareyson
Nasceu no dia 4 de fevereiro de 1918. Obra principal: Ontologia da Liberdade. Pensamento: A verdade é uma interpretação e a hermenêutica deve se preocupar na forma como a pessoa interpreta a própria existência. Por ser uma constante interpretação a arte é permanente construção e formação. A liberdade está no centro da realidade, que é definida pela constante escolha entre ser ou não-ser. A liberdade é um ato de escolha, que por sua vez, é a escolha de um ato.
Simone Weil
Nasceu no dia 3 de fevereiro de 1909. Obra principal: Opressão e Liberdade. Pensamento: A separação entre trabalho manual e intelectual é a causa da relação de domínio e poder exercida pelos que trabalham com as palavras sobre os que se ocupam das coisas. A pobreza tira dos explorados a força para lutar contra a opressão. Matar parece natural quando decidimos que certas pessoas não tem valor. O poder e a força reduzem os homens a coisas.
Ayn Rand
Nasceu em 2 de fevereiro de 1905. Obra principal: A virtude do Egoísmo. Pensamento: Desenvolveu um sistema filosófico chamado de Objetivismo, onde defende o individualismo, o egoísmo racional e o capitalismo libertário. Rejeitava o socialismo, o altruísmo e qualquer tipo de religião. Acreditava que os homens devem escolher seus valores e suas ações tendo por fundamento a razão e que qualquer indivíduo tem o direito de existir por si mesmo, sem se sacrificar pelos outros e nem sacrificar os outros por sua causa.
Arnold Geulincx
Nasceu no dia 31 de janeiro de 1624. Obra principal: Metafísica. Pensamento: Acreditava que se algo assim existe, assim esse algo é. O universo e os homens seguem uma harmonia preestabelecida. Os homens não são atores de seus próprios atos, mas espectadores dos atos que faz e não chega a compreender. Não fazemos algo que ignoramos como se faz. A vontade provoca nossas ações, mas é Deus a causa verdadeira dessas ações. Os homens observam o que Deus faz deles.
Antonio Gramsci
Nasceu no dia 22 de janeiro de 1891. Obra principal: Cadernos do Cárcere. Pensamento: O poder é garantido pela hegemonia cultural, que se sustenta no sistema educacional, nas instituições religiosas e nos meios de comunicação. Um grupo social controla outro através do domínio e da direção intelectual e moral. Toda mudança social necessita da união entre o "homo faber" e o "homo sapiens", ou intelectual orgânico. A história é definida na prática humana. A filosofia e a ciência são verdadeiras à medida que expressam o processo de desenvolvimento real de uma situação histórica humana. Quanto mais a sociedade civil se organiza, mais o Estado desaparece.
Auguste Comte
Nasceu em 19 de janeiro de 1798. Obra principal: Sistema de filosofia positiva. Pensamento: Tido como fundador da Sociologia como ciência, busca através da classificação, comparação, experimentação e observação, um método para explicar os fenômenos sociais. A evolução da humanidade passa por três estágios: 1 - teológico; 2 - metafísico; 3 - científico. Um dos seus principais lemas foi: O amor por princípio, a ordem por meio e o progresso por fim.
Montesquieu
Nasceu no dia 18 de janeiro de 1689. Obra principal: Do Espírito das Leis. Pensamento: Tenta esclarecer o que é necessário e indispensável na relação lógica entre as diferentes instituições políticas e sociais que as leis fundamentam. Acreditava que o poder tem que limitar o poder. Procura ainda trazer cientificidade para o estudo das leis e regras do direito, da religião e da política. Criticou as religiões por sua intolerância ao diferente e pela busca de novos discípulos. Liberdade não é fazermos o que queremos, mas escolher fazer entre todas as coisas que a lei permite que façamos.
Franz Brentano
Nasceu no dia 16 de janeiro de 1883. Obra principal: Sobre a Consciência Sensória e Noética. Pensamento: A característica de um fenômeno psíquico é a sua referência a um objeto. A consciência são os fenômenos psíquicos. Existem três tipos fundamentais de fenômenos psíquicos: A representação; O julgamento e sentimento de amor (aprovação); E sentimento de ódio (desaprovação). A mente é o meio através do qual o organismo capta de maneira ativa a realidade que nos rodeia. A intencionalidade é o objeto intencional de cada ato psíquico.
Pierre-Joseph Proudhon
Nasceu no dia 15 de janeiro de 1809. Obra principal: Filosofia da Miséria. Pensamento: Propriedade é roubo. Cada pessoa deve comandar os meios de produção que utiliza. A sociedade deve ser organizada sem um governo central e em comunidades autogeridas sem autoridades. Anarquia é a ausência de um mestre, de um soberano. Politicamente falando, capital é igual a governo. Oprimir é escravizar o corpo, a vontade e a razão. O assalariado está em uma posição de subordinação e exploração. O trabalho é a única fonte legítima de propriedade. Anarquia é o governo de cada um por si próprio.

   

Como referenciar: "Filósofo do Dia - Imagens filosóficas" em Só Filosofia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2021. Consultado em 22/06/2021 às 08:40. Disponível na Internet em http://filosofia.com.br/imagens_lista.php?pg=2&categoria=Fil%C3%B3sofo%20do%20Dia