Você está em Pratique > Provas

Provas de concursos e vestibular

 
(14/Set) Vacaria - RS - Fundatec - 2019
 
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

QUESTÃO 31 - Considerando a relação entre ética e moral, analise as assertivas abaixo:
I. Ética e moral são termos desconexos etimologicamente; sendo que ética é derivado de "ethos" do Latim, enquanto Moral vem de "morus" de origem grega. Portanto, ambos os termos remetem propriamente ao costume de um povo.
II. No senso comum, a ética apresenta significado positivo, enquanto a moral tem uma intepretação negativa. Sendo assim, acreditamos que, ao elogiar alguém que é generoso e justo, estamos evidenciando que ele agiu eticamente.
III. Para Jean Piaget, a moral tem relação com um conjunto de regras e valores, tendo o objetivo de regular as pessoas.
Quais estão corretas?
A) Apenas I.
B) Apenas II.
C) Apenas I e II.
D) Apenas I e III.
E) Apenas II e III.

QUESTÃO 32 - O filosofo Immanuel Kant, ao refletir sobre a Filosofia Moral, faz menção de que devemos "agir de maneira que nossa ação possa tornar-se universal". Ao fazer essa declaração, o filosofo está apresentando a ética como:
A) A busca da harmonia individual, de alguma forma de felicidade.
B) A busca da harmonia universal, da felicidade do cidadão participativo.
C) Um agir coletivo visando um ethos universal.
D) Uma ciência universal que revela o "ente" singular em uma intenção programada e eurocêntrica.
E) Justiça, verdade universal, uma revelação do conhecimento prático, uma busca do belo em si e para si.

QUESTÃO 33 - A desigualdade social vem crescendo em todo mundo. Apesar de ser uma discussão antiga, não há consenso entre os especialistas sobre qual sistema econômico gera mais desigualdade.
Nessa perspectiva de debate, o filósofo Rousseau afirmou que existiam as desigualdades:
A) Econômica e social.
B) Física e natural.
C) Física ou natural; moral e política.
D) Social e natural.
E) Política e contratual.

QUESTÃO 34 - Considerando as orientações curriculares nacionais do ensino de filosofia, assinale a alternativa INCORRETA.
A) Como disciplina, a filosofia deve propor uma formação que qualifica para a cidadania e para "o trabalho".
B) A relação do educando com o conhecimento deve oferecer condições de aprendizagem que possibilitem a flexibilidade com as novas condições e a realidade do cotidiano.
C) A prática do ensino de filosofia deve propor o conhecimento vivo, fornecendo instrumentos de perspectivas e possibilidades.
D) O ensino de filosofia tem como finalidade tirar o educando do senso comum, oferendo a possibilidade do que é certo, ético, correto e verdadeiro; características específicas que nenhuma outra disciplina o faz.
E) O ensino de filosofia não tem como finalidade apenas preparar o educando para o mundo do trabalho, para interesses midiáticos. Portanto, é uma formação que postula constituir o educando como sujeito do processo.

QUESTÃO 35 - A filosofia ficou décadas fora do currículo escolar, porém, assim como todas as disciplinas, ela tem sua finidade e seu ethos, logo, quando a Lei nº 9.394/1996 afirma que, ao final do ensino médio, o estudante de filosofia e sociologia "deve dominar os conteúdos necessários para a cidadania", o documento está propondo que a disciplina tenha:
A) Um viés ideológico de esquerda.
B) Um paradigma de transformação social.
C) Papel de construir um especialista do conteúdo.
D) A função de ser diferente e com mais eficiência do que as outras disciplinas.
E) A sua própria identidade como disciplina.

QUESTÃO 36 - Considerando as orientações curriculares do ensino de filosofia, assinale a alternativa que representa uma tarefa do professor de filosofia.
A) Cumprir com eficiência e perfeição o planejamento do conteúdo programático.
B) Incluir valores éticos, estéticos e verdadeiros ao educando.
C) Não doutrinar, não instigar valores, mas causar habilidades e competências para o raciocínio filosófico.
D) Apresentar os textos originais dos filósofos, comparando e relacionando com as verdades atuais.
E) Colocar os educandos no mundo do conhecimento, postulando a torná-los como conhecedores da filosofia da mesma maneira que Sócrates o fez; ou seja, "acreditando que nada sabia".

QUESTÃO 37 - O Brasil vem vivenciado uma prática política, a qual é uma extensão da sociedade civil em que tanto os políticos quanto os cidadãos acreditam que, para conseguir determinadas vantagens, é necessário utilizar de certos mecanismos legais e ilegais, não importando o caminho, mas o objetivo em que se quer chegar. Esse mecanismo vem de encontro ao pensamento de um dos maiores tratados sobre filosofia política, em que fica claro que não importa o caminho, mas o resultado a ser conquistado. Qual das alternativas abaixo representa esse contexto?
A) A Política de Aristóteles, revelando que "o homem é um animal político por natureza".
B) O Príncipe, de Maquiavel, em que "os fins justificam os meios".
C) A dialética do senhor e o escravo, de Hegel, em "os meios justificam o fim".
D) O Príncipe, de Maquiavel, em "os meios justificam a finalidade".
E) O contrato social de Rousseau, que expressa que o homem nasce bom e a sociedade o corrompe.

QUESTÃO 38 - Considerando o debate na história da filosofia sobre o conceito de filosofia e a arte de filosofar, assinale a alternativa que representa a visão do filosofo alemão Immanuel Kant.
A) A Filosofia nunca é, ela vai sendo.
B) Dualidade entre alma e corpo pertencente ao mundo inteligível.
C) É a contestação de uma ideia, apresentando um pensamento que refuta às evidências.
D) Jamais é possível entender qualquer filosofia, mas sim a filosofar, praticando a capacidade da razão na obediência de seus conceitos absolutos.
E) Como nada é permanente, tudo flui, tudo muda, portanto, a filosofia é a arte de compreender essa complexidade.

QUESTÃO 39 - No Brasil atual tem se aguçado o debate sobre relações de gênero, racismo, cultura e democracia. Ora, esse debate é oportuno para o professor de filosofia debater em sala de aula, pois a filosofia sempre se preocupou sobre o que o "ser", o que é o homem e sua relação com o meio. Em outras palavras, definir o que é o homem independe de suas determinações "particulares". Para o filosofo Aristóteles, o que não faz parte do "ser" é apenas um "acidente"; logo, o debate em torno desse arcabouço filosófico define um conceito na história de filosofia de:
A) Antropologia, a ciência que estuda a cultura e as verdades sobre o homem e sua relação com o meio.
B) Filosofia da linguagem, que se encarrega de estudar a essência da natureza e as principais características dos fenômenos naturais.
C) Metafísica ou ontologia, buscando as propriedades mais gerais do ser.
D) Filosofia naturalista, a parte da filosofia que busca entender o processo que determina a existência dos organismos vivos, seu crescimento e funcionamento.
E) Teoria do conhecimento, "ente" filosófico que debate a verdade e seu caminho para entender a essência do infinito, ou seja, aquilo que o filosofo Hegel chamou de "absoluto".

QUESTÃO 40 - O aluno da Escola Municipal "Irmã Toffoli" perguntou ao professor de filosofia como poderia iniciar um processo filosófico, um filosofar que o levasse a um conhecimento verdadeiro e seguro. Respondendo ao educando, o professor fez a seguinte declaração: "Comece pelos objetos mais simples e mais fáceis de conhecer, depois pelos mais compostos". Essa declaração do professor remete a que pensamento filosófico na história da filosofia?
A) À maiêutica socrática.
B) A um dos princípios das quatro regras da filosofia de René Descartes.
C) Ao "imprimir" de David Hume, no qual as experiências devem ser formuladas e aplicadas.
D) Ao racionalismo da idade média, abrindo caminho para o conhecimento científico e seguro.
E) À filosofia contemporânea que acredita na aplicabilidade da teoria das quatro causas do conhecimento.

GABARITO:
31 E
32 A
33 C
34 D
35 E
36 C
37 B
38 D
39 C
40 B
     

 
 
Como referenciar: "Provas - Vacaria - RS - Fundatec - 2019" em Só Filosofia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2021. Consultado em 18/10/2021 às 19:22. Disponível na Internet em http://filosofia.com.br/vi_prova.php?id=279