Biblioteca Virtual
 Biografia de Filósofos
 História da Filosofia
 Laifis de Filosofia

 Eventos
 Resenhas
 Livros
 Entrevistas

 Oráculo
 Dicionário de Filosofia
 Vídeos de Filosofia
 Rádio Filosofia
 Como estudar Filosofia
 Dicas para Monografia
 Filos. e Outras Áreas
 Filos. na Sala de Aula

 Exercícios Comentados
 Jogos On-line
 Provas de Concursos

 Curso de Filosofia

 Curiosidades Filosóficas
 Escolas de Filosofia
 Filosofia Clínica
 Histórias Filosóficas
 Relato do Leitor
 Frase de um Leitor
 Charges
 Fil. para Crianças
 Lançamento de Livros
 Livros para Download
 Frase de Filósofos
 Uma Foto, uma História
 Trechos de Livros
 Enquetes
 Cursos de Extensão
 Fale Conosco

 

 

Dicionário de Filosofia

Teorema
Enunciado de uma proposição ou uma propriedade que pode ser demonstrada por um raciocínio lógico a partir de fatos dados ou hipóteses justificáveis incluídos neste enunciado.
 

Teoria
Sistema ou doutrina que trata dos princípios básicos de uma ciência ou arte.
 

Termo
É tudo o que se encontra expresso: som, frase, dados escritos, atos mecânicos, como dançar, etc.
 

Tese
Termo que designa, em filosofia, o princípio imediato do silogismo que serve de base para qualquer demonstração. Na dialética hegeliana, é a afirmação de um conceito que, negado pela antítese, dá origem à síntese.
 

Transigência
a) Transigir é realizar uma transação. É ser a favor de algo, depois de ter sido contra ou vice-versa. b) É condescender com os adversários, é compor-se, contemporizar com eles. Transigência é a ação ou o efeito de transigir. É a contemporização, a condescendência, a tolerância, a indulgência. c) No terreno das ideias, diz-se que há transigência ou intransigência quando há tolerância ou não às ideias expostas por outros.
 

Transitiva
Chama-se de ação transitiva a que modifica outro ser que não o agente. Também a chamam ação que sai. Opõe-se à ação imanente, que se realiza no próprio agente. A ação transitiva realiza-se no efeito, e sua limitação neste não implica uma limitação do agente.
 

Transnatural
Nome proposto por Baldwyn e usado por vários filósofos, para indicar o acontecer do homem e do seu destino, que não é nem natural, nem sobrenatural. Por essa concepção nega-se que tenha o homem conhecido um estado de natureza.
 

Transubstanciação
a) É a mudança de uma substância em outra. b) Na eucaristia, na teologia cristã, é a transformação da substância do pão e do vinho no corpo e no sangue de Cristo.
 

Tricotomia
a) É o que é partível ou divisível em três partes. b) Doutrina que afirma que o homem é composto de três partes: alma, corpo e espírito. Esta concepção tricotômica surge em textos do Velho Testamento, dos estoicos, e de alguns autores cristãos.
 

Triteísmo
Doutrina defendida por Filoponus, comentarista de Aristóteles, bispo de Tarso, e outros componentes do grupo dos monofisitas que, no século VI, defendiam a tese que o Pai, o Filho e o Espírito Santo formam três deuses e não um, pois são substanciais, independentes e distintamente individuais.
 

 
 

Entrevistas

Novidades

 


Receber
Parar de receber

Livros

Gostou do site?

Seu nome:

Nome do seu amigo:

E-mail do seu amigo:

Sites parceiros:

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário | Fale conosco

Copyright © 2008-2017 Só Filosofia. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.