Você está em Diversos > Imagens

Imagens filosóficas

Filósofo do Dia

Georg Simmel
Nasceu no dia primeiro de março de 1858. Obra principal: Filosofia do Dinheiro. Pensamento: O dinheiro nos ajuda a entender a totalidade da vida. As pessoas criam objetos, se separam deles e buscam superar a separação. Na sociedade existem três instituições autônomas, o direito, o dinheiro e a intelectualidade, e as três são indiferentes à subjetividade. O valor das coisas é uma apreciação subjetiva que se refletem no dinheiro que é como uma arranha que tece a rede social. O estranho é aquele que está suficientemente longe para ser desconhecido e suficientemente perto para que possamos conhecê-lo. A moda é uma forma de relação social dos indivíduos que tentam ser únicos mas não conseguem.
Michel Montaigne
Nasceu no dia 28 de fevereiro de 1533. Obra Principal: Ensaios. Pensamento: Conhecer a nós mesmos não é a garantia de conhecer os outros. Para melhor nos conhecermos podemos refletir sobre a experiência dos outros e nos vermos refletidos nelas, mas isso não significa que conhecemos os outros, pois todos somos claramente diferentes. Não é possível estabelecer regras para todos os homens. A é uma pergunta que nunca poderá ser respondida. A nossa existência é uma experiência constante e constantemente também deve explicar a si própria. Cada pessoa traz em si a condição existencial de toda humanidade. Não podemos fazer nada melhor do que sermos humanos. Não estamos nunca junto de nós, mas sempre para além de nós mesmos.
Arthur Schopenhauer
Nasceu no dia 22 de fevereiro de 1788. Obra principal: O Mundo como Vontade e Representação. Pensamento: O mundo é representação minha. Nós não conhecemos o mundo como ele realmente é, somente temos instrumentos sensoriais que nos mostram o mundo dentro das nossas capacidades perceptivas. O mundo é uma construção nossa, é uma representação nossa. O conhecimento é a relação entre o sujeito e o objeto, dessa relação surge a representação. Nós não podemos sair de nós mesmos para ver como o mundo realmente é. A vontade é a essência do mundo e é conflito que leva à dor causada pela força contínua opositora entre as vontades do mundo.
John Rawls
Nasceu no dia 21 de fevereiro de 1921. Obra Principal: Teoria da Justiça. Pensamento: Buscava descobrir como uma sociedade escolhe os seus princípios de justiça, pois esses princípios vão servir de estrutura para as instituições políticas dessa sociedade. A sociedade deve garantir que a maior liberdade individual deve ser compatível com a liberdade de todos os outros indivíduos dessa sociedade. A liberdade é superior à igualdade, e esta é superior à diferença.
Ernst Mach
Nasceu no dia 18 de fevereiro de 1838. Obra Principal: História e Raízes do Princípio de Conservação de Energia. Pensamento: Qualquer medida depende de comparação. Não existe medição nem do espaço nem do tempo, o que nós fazemos é comparar sensações espaciais e temporais. Quando temos a impressão de que estamos medindo algo é porque estamos usando um padrão aceito por nós e pelos outros. Os padrões tem origem em comparações fisiológicas. Como a física depende de medições, ela tem sua origem na biologia.
Galileu Galilei
Nasceu no dia 15 de fevereiro de 1564. Obra principal: O Ensaiador. Pensamento: A ciência deve ser independente e livre da cultura e da teologia. As questões científicas devem ser confirmadas ou refutadas através da experiência e da observação feitas diretamente sobre o objeto que está sendo examinado. A construção do experimento depende de uma teoria que vai fundamentá-lo. A matemática é o instrumento de investigação da natureza. A experiência é o limite do nosso conhecimento. A razão não tem a capacidade de conhecer a essência das coisas.
Max Horkheimer
Nasceu no dia 14 de fevereiro de 1895. Obra principal: Eclipse da Razão. Pensamento: A dominação social é interiorizada pelos indivíduos dominados. A crítica filosófica tem que utilizar todos os elementos possíveis para criar uma nova sociedade sem injustiças sociais. A razão é o instrumento utilizado para dominar a sociedade, os homens e a si mesmo. A técnica domina de tal forma os indivíduos que os torna incapazes de promoverem livremente todas as suas potencialidades.
Epicuro
Nasceu no dia 20 de Gamelione - (10 de fevereiro). Obra principal: Fragmentos. Pensamento: A filosofia é o melhor caminho para se chegar à felicidade que para ele significava se libertar dos desejos. A felicidade está diretamente ligada ao prazer. O prazer é o início e o fim de uma vida feliz. O homem é inclinado a buscar o prazer e a fugir da dor e através do critério do prazer é que nós avaliamos todas as outras coisas. É preferível a sabedoria feliz do que a insensatez feliz e a justiça é somente um acordo feito entre os homens para atingirem um fim comum que é impedir de fazerem-se o mal reciprocamente. O fluir dos átomos é o que produz as sensações nos homens. O fluir dos átomos é o que cria as imagens que são similares às coisas que os produzem.
Thomas More
Nasceu no dia 7 de fevereiro de 1478. Obra principal: A Utopia. Pensamento: A causa de toda pobreza e criminalidade é a propriedade privada. A família monogâmica é o fundamento da sociedade. A multiplicidade de rituais e cerimônias agrada a Deus. A razão tem que fundamentar a política. O caminho natural do homem é a busca do prazer e é pelo prazer que ele pode chegar à solidariedade. A natureza e a razão se equilibram em suas regras. O homem não pode se separar de Deus nem a política da moral.
Patrick Tort
Nasceu no dia 5 de fevereiro de 1952. Obra principal: Darwin e a Ciência da Evolução. Pensamento: A seleção natural moldou a história biológica e social ao selecionar instintos de sociabilidade. A sociabilidade possibilitou o desenvolvimento da inteligência racional e da consciência reflexiva. A evolução da sociabilidade e da inteligência potencializaram os sentimentos morais e altruístas. Assim Darwin explica de forma natural e material a origem da moral e da civilização.
Luigi Pareyson
Nasceu no dia 4 de fevereiro de 1918. Obra principal: Ontologia da Liberdade. Pensamento: A verdade é uma interpretação e a hermenêutica deve se preocupar na forma como a pessoa interpreta a própria existência. Por ser uma constante interpretação a arte é permanente construção e formação. A liberdade está no centro da realidade, que é definida pela constante escolha entre ser ou não-ser. A liberdade é um ato de escolha, que por sua vez, é a escolha de um ato.
Simone Weil
Nasceu no dia 3 de fevereiro de 1909. Obra principal: Opressão e Liberdade. Pensamento: A separação entre trabalho manual e intelectual é a causa da relação de domínio e poder exercida pelos que trabalham com as palavras sobre os que se ocupam das coisas. A pobreza tira dos explorados a força para lutar contra a opressão. Matar parece natural quando decidimos que certas pessoas não tem valor. O poder e a força reduzem os homens a coisas.
Ayn Rand
Nasceu em 2 de fevereiro de 1905. Obra principal: A virtude do Egoísmo. Pensamento: Desenvolveu um sistema filosófico chamado de Objetivismo, onde defende o individualismo, o egoísmo racional e o capitalismo libertário. Rejeitava o socialismo, o altruísmo e qualquer tipo de religião. Acreditava que os homens devem escolher seus valores e suas ações tendo por fundamento a razão e que qualquer indivíduo tem o direito de existir por si mesmo, sem se sacrificar pelos outros e nem sacrificar os outros por sua causa.
Arnold Geulincx
Nasceu no dia 31 de janeiro de 1624. Obra principal: Metafísica. Pensamento: Acreditava que se algo assim existe, assim esse algo é. O universo e os homens seguem uma harmonia preestabelecida. Os homens não são atores de seus próprios atos, mas espectadores dos atos que faz e não chega a compreender. Não fazemos algo que ignoramos como se faz. A vontade provoca nossas ações, mas é Deus a causa verdadeira dessas ações. Os homens observam o que Deus faz deles.
Antonio Gramsci
Nasceu no dia 22 de janeiro de 1891. Obra principal: Cadernos do Cárcere. Pensamento: O poder é garantido pela hegemonia cultural, que se sustenta no sistema educacional, nas instituições religiosas e nos meios de comunicação. Um grupo social controla outro através do domínio e da direção intelectual e moral. Toda mudança social necessita da união entre o "homo faber" e o "homo sapiens", ou intelectual orgânico. A história é definida na prática humana. A filosofia e a ciência são verdadeiras à medida que expressam o processo de desenvolvimento real de uma situação histórica humana. Quanto mais a sociedade civil se organiza, mais o Estado desaparece.

Como referenciar: "Filósofo do Dia - Imagens filosóficas" em Só Filosofia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2021. Consultado em 09/03/2021 às 04:47. Disponível na Internet em http://filosofia.com.br/imagens_lista.php?categoria=Fil%C3%B3sofo%20do%20Dia