Você está em Diversos > Imagens

Imagens filosóficas

Filósofo do Dia

Gottfried Wilhelm Leibniz
Nasceu no dia 1 de julho de 1646. Obra principal: Novos ensaios sobre o entendimento humano. Pensamento: A filosofia de Leibniz pode ser vista como um conjunto de princípios da organização que estabelece relação de liberdade entre vários elementos do mundo. Para Leibniz a razão é possibilidade de estabelecer relações entre esses elementos, uma relação lógica que é organizada através da matemática. Acreditava na existência no mundo de uma ordem necessária, livre e que se organizava de forma espontânea. Essa ordem se desenvolvia segundo o melhor modo possível dentro das várias possibilidades.
Gaston Bachelard
Nasceu no dia 27 de junho de 1884. Obra Principal: O Materialismo Racional. Pensamento: Pretende superar o debate entre o empirismo e o racionalismo nas pesquisas científicas. O trabalho científico se constrói através da problemática teórica e é contrária ao conhecimento imediato. Na história das ciências o acesso ao conhecimento é marcado por cortes epistemológicos que separam o pré-científico do científico. Acreditava que a ciência progride através da superação de obstáculos epistemológicos, pois todo conhecimento é aproximado. A ciência não pode produzir verdades. O conhecimento do real é uma luz que sempre projeta alguma sombra.
Giambattista Vico
Nasceu no dia 23 de junho de 1668. Obra principal: Ciência Nova. Pensamento: A história para Vico é um fluxo evolutivo de acontecimentos que nos leva a uma razão esclarecida, mas para ele existem verdades humanas que não podem ser demonstradas através das evidências racionais como as verdades da história, da poesia, da pedagogia da medicina, do direito, da política, da arte e da moral. A razão e a geometria funcionam muito bem com os números e grandezas mas não tem a capacidade de abranger e explicar as outras matérias, especialmente as humanas. A razão é a consciência do ser, mas não o conhecimento dele. A razão humana não é a causa da existência do homem, não foi a razão que criou o meu corpo, portanto não é ela que vai entendê-lo.
John Stuart Mill
Nasceu no dia 20 de maio de 1806. Obra principal: Princípios de Economia Política. Pensamento: A lógica é a ciência da evidência e da autenticidade. As verdades da ciência são empíricas, como as verdades da geometria, que em suas linhas e ângulos tem por base figuras que verdadeiramente existiram. As proposições da geometria são o resultado de experiências, observações e generalizações. As deduções ou demonstrações são evidenciadas pela experiência e as induções são a generalização das experiências.
Martha Nussbaum
Nasceu no dia 6 de maio de 1947. Obra principal: Fronteiras da Justiça. Pensamento: Estuda a influência dos sentimentos na maneira como as pessoas entendem o mundo e tomam decisões. Utiliza a vulnerabilidade e a fragilidade como conceitos para melhor interpretar o direito e as ciências humanas. Estuda o multiculturalismo, as questões de gênero, raça e sexualidade e as suas influências nas investigações éticas. Defende ainda a vergonha e a repugnâncias como elementos legítimos para interpretar juízos jurídicos.
Félix Guattari
Nasceu no dia 30 de abril de 1930. Obra principal: O que é Filosofia? Pensamento: Foi um grande crítico da psicanálise e criador de neologismos e conceitos como: Capitalismo Mundial Integrado; Singularidade; Produção de Subjetividade; Ritornelo; Caosmose; Desterritorialização; Transversalidade; Esquizoanálise; transdisciplinaridade; Ecosofia; Travestilidade. É também uma referência nos trabalhos de reforma da psiquiatria e foi criador de diversos movimentos em defesa das minorias.
Immanuel Kant
Nasceu no dia 22 de abril de 1724. Obra principal: Crítica da Razão Pura. Pensamento: Um dos principais temas da filosofia de Kant é o conhecimento, quais as possibilidades que temos de conhecer, onde começa e onde termina a nossa capacidade de conhecimento e como podemos utilizar esse conhecimento. Kant também se preocupou em analisar as razões das ações humanas e a relação dessas ações com a moral. Ele se questionou sobre as formas como devemos agir, porque devemos fazer e o que devemos fazer, como devemos comportar-nos em nossas relações com outras pessoas, qual a forma de se alcançar a felicidade, o que é e como podemos atingir o bem supremo.
René Descartes
Nasceu no dia 31 de março de 1596. Obra Principal: Discurso do Método. Pensamento: Busca um ponto de partida sobre o qual possa fundar uma verdade que não possa ser questionada. Assim pensando ele cria a dúvida metódica, a partir do qual duvida de tudo, inclusive da própria existência e de todas as percepções dos seus sentidos. E é no grau máximo da dúvida que Descartes encontra a sua primeira verdade inquestionável, enquanto duvido de tudo não posso duvidar que esteja duvidando, eu sou algo que duvida, sou algo que pensa na dúvida, sou algo que existe por pensar, se penso, logo existo.
Slavoj Zizek
Nasceu no dia 21 de março de 1949. Obra Principal: Menos Que Nada: Hegel e a Sombra do Materialismo Dialético. Pensamento: O Real é enigmático e não pode ser confundido com a realidade, pois nossa realidade é construída através de símbolos e o Real não pode ser expresso por palavras. Tenta entender o papel da filosofia como forma de desmistificar as ideologias através de uma dialética hegeliana utilizando Lacan. As ideologias não morreram, mas podem ser entendidas como fenômeno social através da cultura popular.
Maurice Merleau-Ponty
Nasceu no dia 14 de março de 1908. Obra Principal: Fenomenologia da Percepção. Pensamento: A percepção não é o resultado casual das sensações, mas tem uma dimensão ativa e representa uma abertura ao mundo da vida. Acreditava que toda consciência é uma consciência perceptiva. O corpo humano, junto com a realidade externa, são a base da consciência. Existe um acordo existencial entre o sujeito e as suas circunstâncias. O corpo é uma condição permanente da existência, ele constitui tanto a abertura perceptiva ao mundo como a criação desse mundo. A estruturação anatômica, fisiológica e neurológica do corpo conserva o que é mais valioso para os seus projetos.
Mircea Eliade
Nasceu no dia 9 de março de 1907. Obra Principal: O Sagrado e o Profano. Pensamento: Elaborou um estudo comparativo entre as religiões, buscando proximidades e diferenças culturais e históricas entre as crenças nos deuses. O sagrado é a experiência primordial do "Homo Religiosus". Criou o conceito Hierofania, que é a manifestação do transcendente em um objeto ou fenômeno da nossa realidade. Busca reduzir as diversas experiências religiosas a uma só através de ideias chaves como a do modelo cosmológico do mundo. Divide o tempo em linear como o tempo profano e cíclico e reatualizável como o tempo sagrado. Acredita ainda que na humanidade os grupos não religiosos são uma raridade, mas existem. Pensa ainda que o sagrado faz parte da estrutura da consciência humana.
Michel Montaigne
Nasceu no dia 28 de fevereiro de 1533. Obra Principal: Ensaios. Pensamento: Conhecer a nós mesmos não é a garantia de conhecer os outros. Para melhor nos conhecermos podemos refletir sobre a experiência dos outros e nos vermos refletidos nelas, mas isso não significa que conhecemos os outros, pois todos somos claramente diferentes. Não é possível estabelecer regras para todos os homens. A é uma pergunta que nunca poderá ser respondida. A nossa existência é uma experiência constante e constantemente também deve explicar a si própria. Cada pessoa traz em si a condição existencial de toda humanidade. Não podemos fazer nada melhor do que sermos humanos. Não estamos nunca junto de nós, mas sempre para além de nós mesmos.
Benedetto Croce
Nasceu no dia 25 de fevereiro de 1866. Obra Principal: Estética Como Ciência da Expressão e Linguística Geral. Pensamento: A realidade é aquela concebida pelo indivíduo como reflexo da suas ideias e interioridade. A racionalidade e a liberdade são criações históricas. Nega a existência autônoma de uma realidade fenomênica. A estética é a teorização sobre as sensações, as representações e a intuição que nós temos sobre a realidade. Para expressarmos temos que intuir e para intuir temos que expressar.
John Rawls
Nasceu no dia 21 de fevereiro de 1921. Obra Principal: Teoria da Justiça. Pensamento: Buscava descobrir como uma sociedade escolhe os seus princípios de justiça, pois esses princípios vão servir de estrutura para as instituições políticas dessa sociedade. A sociedade deve garantir que a maior liberdade individual deve ser compatível com a liberdade de todos os outros indivíduos dessa sociedade. A liberdade é superior à igualdade, e esta é superior à diferença.
Ernst Mach
Nasceu no dia 18 de fevereiro de 1838. Obra Principal: História e Raízes do Princípio de Conservação de Energia. Pensamento: Qualquer medida depende de comparação. Não existe medição nem do espaço nem do tempo, o que nós fazemos é comparar sensações espaciais e temporais. Quando temos a impressão de que estamos medindo algo é porque estamos usando um padrão aceito por nós e pelos outros. Os padrões tem origem em comparações fisiológicas. Como a física depende de medições, ela tem sua origem na biologia.

Como referenciar: "Filósofo do Dia - Imagens filosóficas" em Só Filosofia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2019. Consultado em 19/08/2019 às 18:14. Disponível na Internet em http://filosofia.com.br/imagens_lista.php?categoria=Fil%C3%B3sofo%20do%20Dia